30 – NAZARETH (NAZARÉ PAULISTA) NO SÉCULO XIX (1850) – Sua população, seus bairros e suas divisas eclesiásticas.

NAZARETH (NAZARÉ PULISTA) NO SÉCULO XIX (1850)  (1)

SUA POPULAÇÃO, SEUS BAIRROS E SUAS DIVISAS ECLESIÁSTICAS

Às folhas 52/55 do maço de documentos esparsos existente no Arquivo da Cúria Metropolitana de São Paulo sobre a “Freguezia de Nazareth” encontramos um relato manuscrito, possivelmente pelo Padre Francisco A. do Monte Carmello, vigário da Freguesia (1843-1852).

Cópia deste documento foi enviado pela Cúria Metropolitana de São Paulo ao Monsenhor Tito Felice, Vigário Geral da Diocese de Bragança Paulista, documento este que subsidiou o lançamento do Livro dos  Decretos de Criação das Paróquias  da Diocese e de suas Divisas Territoriais, livro este encerrado em 1996.

Transcrevemos os trechos relatados, mantendo-se a grafia usada:

Mapa da Divizão actual e Nº dos habitantes desta Paróquia de Nossa Snra. De Nazareth, mais requisitos nella declarados extraído por ordem do Ilmo e Revmo Sr. Conº Provisor e Vigº Geral Lourenço Justiniano Ferrª e remetido à Camara Eclesiastica”:

  1. A POPULAÇÃO E OS BAIRROS EM NAZARÉ:

“Comprehende-se nesta Freguezia onze Bairros, e contem em cada hum deles o seguinte número de habitantes:

     -Bairro da Freguezia   ………………………….432

    – Atibaia  (acima)……………………………….. 437 (2)

    – Estrada   …………………………………………. 393

    -Boavista   …………………………………………324

    -Cuiaba   ……………………………………………308

    -Mascate   …………………………………………303

    – Vicente Nunes   ………………………………. 293

    -Ribeirão   ………………………………………… 256

    -Guaxinduva   ……………………………………. 254

   – Capella   ……………………………………………253

   – Moinho   …………………………………………..243

                                       Total                               3.484”

2.AS DIVISAS ECLESIÁSTICAS:

 2.1 – Nazaré com Atibaia.

“Termo dividente desta Freguezia de Nossa Sra. De Nazareth com a da N. Sra. De Attª – O Ribeirão xamado aguada de Sebastião Martins fazendo  ……. pela parte direita do lugar da sua origem, e pela parte esquerda, o mesmo rio Caxoueira do lugar da sua Barra correndo por ele acima de onde faz barra com o ribeirão denominado Feital.”

2.2 – Nazaré com Guarulhos.

“Termo dividente desta sobredita Parochia com a da Com.çam de Guarulhos. A serra xamada de Pirucaia em rumo direito a buscar o morro xamado Gil que fica na estrada desta Freguezia para Capital.”

2.3 – Nazaré com Juquiri.

“Termo dividente desta sobredita Parochia com a de Juquiri, o morro Itapemirim em linha  reta a dar no sitio de Manoel da Fonseca … exclusive.”

2.4 – Nazaré com Santa Izabel.

“Termo dividente desta sobredita Parochia com a de Sta. Izabel. A serra do Pao sobe procurando o sitio de Antonio dos Santos seguindo pelo sitio do Silva a procurar o rio do Peixe, donde se divide esta com a Villa de Jacarehi.”

2.5 – Nazaré com Santo Antonio da Cachoeira.

“Divide-se  também esta Parochia com a Capella Curada de Santo Antonio a Cachoeira desta desmembrada pelo Ribeirão denominado Feital que desagoa  no Rio Cachoeira, subindo pel dito ribeirão a procurar o Morro Grande entre o sitio do Cap. João Corr. de …Fran.co de Paula subindo pelo cume deste em linha reta a procurar o cume do espigãoJequitina e deste assume ao lugar denominado Quatro Cantos, e dahi  seguindo a estrada da Caxoeira acima até a encruzilhada de Manoel da Silva de Camargo, e desta a procurar o cume das Cabeceiras do ribeirão que vive de aguada ao sitio do falecido Joaq.im Mariano hoje sitio do Gabriel Joze …cortando direito a Ponte de Jozé Leite   sobre o Rio Att.ª seguindo deste acima de suas cabeceiras.”

2.6 – Nazaré com Atibaia ao Este.

“Dista esta Parochia ao Este da Villa de Att.ª quatro legoas, e a divisa entre ambos é de …legoas com pouca diferença pelos mencionados  Ribeirão de Sebastião Martins e rio da Caxoeira.”

2.7 – Nazaré com Santa Izabel a leste.

“Dista esta Parochia pela parte leste de Sta Izabel seis legoas mais ou menos e confina com a mesma dividente da mesma três legoas, pela Estrada que segue desta para aquella e pela Estrada do Bairro Boa Vista oito ou nove legoas.”

2.8-  Nazaré com Com.ção e Juquiri ao sul.

“Confina esta Parochia ao sul com as Freguezias da Com.ção e Juquiri e dista esta daquella nove legoas, e desta cinco.”

2.9- Nazaré com Santo Ant.º da Cachoeira ao norte.

“Confina esta ao norte com a Capella Curada de Santo Ant.º da Cax e dista da mesma três légoas e tem desta ao termo dividente legoa e meia para menos.”

  1. OUTROS RELATOS:

3.1- O orago desta Freguezia hé de invocação da Snra. De Nazareth.

3.2- A sua ereção em Freguezia foi na era de 1614. Consta do livro do tombo às folhas 3 que não foi desmembrada de parte alguma, e as folhas 14 do citado livro faz menção dela como Capella Curada antes que fosse a Freguezia, mas não se pode coligir a era de sua ereção.

3.3- Há uma Capella Curada desmembrada desta com a invocação de Sto. Antonio da Caxoeira, que não deve ser suprimida.

3.4- Dentro dos limites desta Freguezia existe uma Capella com a invocação do Sr. Bom Jezus, dista duas legoas e dentro da Povoação uma outra de N. Sra.

3.5-É de grande urgência e utilidade criar-se nova Freguezia no Bairro denominado Boa Vista, compreendido nesta tabela para as partes do Rio do Peixe, que dista desta ao ultimo morador sete para oito legoas… e suponho ter a mesma distancia para avila de Sta. Izabel, Jacarehi, São José e Capella Curada de Santo Antonio, e julgo ainda ter terras devolutas para as cabeceiras do Rio Att.a.

Obs:

(1)- Relato efetuado pelo Padre Francisco A. do Monte Carmello no período de 1843 a 1852.

(2)- Provável engano do relator ao incluir Atibaia como um bairro da Freguesia de Nazaré,  pois aquela já tinha sido elevada à freguesia em 1747.

(3)-texto reproduzido do livro-prelo de” Nazareth a Nazaré Paulista” e postado no site “coroneloscarpinheiro.com.br”.

Be the first to reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *