28. PADRE NICOLAU CARPINELLI – Uma rua de Nazaré Paulista com seu nome

PADRE NICOLAU CARPINELLI

Uma rua de Nazaré Paulista – Rua Padre Nicolau

PADRE NICOLAU CARPINELLI:

Natural e ordenado padre na Itália, veio para o Brasil, sendo nomeado Pároco da nossa Igreja Nossa Senhora de Nazaré em 1865, permanecendo na sua administração até 1887.

Pouco se sabe deste sacerdote, de sua origem e ascendência; mas é perfeitamente presumível que tenha sido um padre profético e servidor de Cristo, servidor de Deus e servidor dos homens nazareanos, e, por um longo período, pois aqui permaneceu por longos 22 anos, sendo merecedor do nome de uma das principais ruas da nossa cidade.

Os Registros:

Encontramos os seguintes registros do Padre Nicolau nos Arquivos da Cúria Metropolitana de São Paulo:

-1871: Pediu licença de 15 dias.

-9/Novembro/1879: …”Registrou compromisso dos Irmãos fundadores da Confraria de São Benedito, ereta na Vila de Nazareth. Possível data da implantação das famosas festas de São Benedito e de São Sebastião em nossa cidade, com os memoráveis desfiles e torneios de cavalos no pátio da Igreja.

 Foram Irmãos fundadores:

  -João Gonçalves de Oliveira,

  -Joaquim Gonçalves de Oliveira,

  -Matheus Antônio Pinheiro,

  -José Gonçalves de Oliveira Sobrinho,

  -José Cirino da Silva,

   -Antônio Joaquim Rodrigues, e

   -José Antonio Pinheiro.

-21/Outubro/1881: “…recebeu do Presidente da Comissão encarregada das obras da Matriz, numerário destinado ao pagamento de sacos de cal e para pagamento de serviços dos pedreiros: João Manoel de Almeida e Albino José Barbosa…”

É este pagamento  um indício de que ele promoveu a reforma da Igreja.

A Família Carpinelli: 

Da família italiana Carpinelli, além do Padre Nicolau, nossa comunidade também desfrutou do convívio de um outro ilustre cidadão, o Professor Licínio Carpinelli, nascido em Nazaré em 2 de setembro de 1891, falecido em Atibaia em 1981, e que em 1920 foi diretor da atual Escola Francisco Derosa, provavelmente o seu primeiro diretor e dirigiu por longo tempo o Colégio Major Juvenal Alvim de Atibaia. Foi também Delegado de Ensino e Presidente do CPP, Centro do Professorado Paulista.

Francisco Carpinelli, pai do Professor Licínio e irmão do Padre Nicolau, veio para o Brasil em 1879, vindo residir em Nazaré.

A Rua Padre Nicolau:

É uma das ruas mais compridas e antigas da nossa cidade. Ela se inicia desde a confluência com a Rua Coronel Benedito Bueno, onde se situa a lanchonete do Sr. João Turma, antiga propriedade de Nicolau “Laranja” e se estende até a Praça dos Expedicionários, onde se localiza o Mercado Souza Bueno, encontrando com a Rua João Rodrigues dos Santos (eram as ruas principais da antiga “Nazareth”, a Rua Direita e a Rua Triste).

Sua denominação inicial de “Rua Triste” era devida à ausência de estabelecimentos comerciais, ausência de iluminação elétrica ou à querosene e à característica simples e sombria dos seus casarões. Contava unicamente com duas farmácias, a do Sr. “Dito da Farmácia”, ele falecido e a farmácia inexistente, e a do Sr. Oliveira Canedo, a farmácia Santa Rita.

Os Antigos Proprietários/Moradores da Rua Padre Nicolau, em 1925:

  • Herdeiro do Padre Nicolau Carpinelli
  • João Vergara
  • Seraphina de Andrade Franca
  • Joaquim Avelino Pinheiro
  • Messias de Carvalho
  • João Batista de Almeida
  • Claudino Miranda de Almeida
  • Henrique Antonio Pinheiro
  • Lourenço Alves da Silva
  • Benedito e Antonio Pedroso
  • Luiz Rodrigues dos Santos
  • Francisco Antônio Derosa
  • Pedro Rodrigues Pinheiro
  • Generoso Antonio Gonçalves
  • Francisco José Benedito
  • Júlia de Medeiros
  • Melchior José de Pontes
  • Quirino Lopes da Cunha
  • Ignácio Alves da Silva
  • Antonio Joaquim Pinheiro
  • José Abrahão
  • Moisés Antonio de Moraes
  • Antonio Silvestre Barbosa
  • Herdeiro de José Antonio Pinheiro
  • Sebastião Rosa
  • Moysés Cordeiro de Campos
  • De Joaquim Antônio de O. Padilha
  • Honório Feliciano
  • Benedito Antonio da Silva
  • Francisco Rodrigues

Be the first to reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *